Programa de Acção de Formação

O Centro Lusitano promoveu a realização de uma Acção de Formação para Professores, no âmbito do Projecto para as Escolas “O Perdão e Reconciliação na Educação para a Paz”. O programa encontra-se aqui na Biosofia.net.

Acção de Formação

Programa

28 de Janeiro - Sexta-feira

9.00 H - Recepção aos participantes. Distribuição de do-cumentação e inscrição nos workshops.
9.30 H - Sessão de abertura.
10.00 H - A Construção da Paz e o Papel da Escola - José Manuel Anacleto (Presidente do Centro Lusitano de Unificação Cultural).
11.00 H - Debate
11.15 H - Intervalo para café
11.30 H - A Psicologia da Paz - Vítor Rodrigues (Psicó-logo e Assistente na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade Clássica de Lisboa).
12.30 H - Debate
12.45 H - Almoço
14.30 H - Aprender a Aprender - uma nova relação professor/aluno na construção da paz - Leonor Malik (Professora coordenadora do projecto “Aprender a Aprender”).
15.30 H - Debate
15.45 H - Intervalo
16.00/17.30 H - Workshops

29 de Janeiro - Sábado

9.30 H - Tema a definir - Prof. Mário Simões (Médico psiquiatra e Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa; Presidente da Alubrat - Associação Luso-Brasileira de Transpessoal).
10.45 H - Debate
11.00 H - Intervalo
11.15 H - Workshops
12.45 H - Almoço
14.30 H - Workshops
16.15 H - Intervalo
16.30/17.30 H - Conclusões e encerramento. A Reconciliação como Fundamento da Paz. Uma Cidadania de Tolerância e Cooperação - José Manuel Anacleto.

Workshops

A - Jogos cooperativos - Cristina Baptista

I) os jogos cooperativos como instrumento educativo na promoção de uma cultura de paz, II) envolvimento dos participantes num jogo competitivo e em vários jogos cooperativos, III) discussão sobre competição versus cooperação, IV) exercício de visualização criativa.

B - Estudo de casos - Olímpia Sandinha e M. Amélia Ferrão

I) apresentação a cada grupo de um caso, que pode ser um conflito, um dilema, ., II) discussão sobre o que está em causa e como resolver a situação, III) apresentação a toda a sala do caso de cada grupo, soluções encontradas e respectiva fundamentação; IV) discussão.

C - A auto-educação como caminho para a paz interior - Leonor Malik

Método: Introspecção biográfica através do desenho dinâmico, com partilha em grupo.

D - O uso do jogo de papéis na educação para a paz - José Manuel Anacleto

I) apresentação de uma situação de conflito; II) atribuição de um papel (caracterização de uma personagem) a cada um dos 4 ou 5 elementos sorteados entre os participantes, III) actuação de improviso, onde os “actores” representam o papel da personagem, expressando no entanto os seus próprios sentimentos e valores, IV) troca de papéis e/ou de elementos participantes, V) nova representação, VI) discussão.

E - Educar uma paz positiva - Vítor Rodrigues

A paz não é ausência de conflito mas antes um estado activo de saúde (mental, social e espiritual), em que o ser humano busca intencionalmente a harmonia consigo próprio e com o meio físico, social e ambiental.
Através de exercícios respiratórios, de relaxamento e meditativos, ilustrar-se-á como podemos procurar activamente essa harmonia.

F - Sonhar a paz - Sandra Gonçalves

Observando os sonhos nocturnos, podemos perceber algo do que o nosso processo de pacificação requer e descobrir pistas sobre a direcção que esse processo poderá tomar.
Serão explorados alguns dos meios de nos recordarmos dos sonhos, algumas pistas para interpretação dos sonhos e aproximação da linguagem onírica, bem como técnicas de incubação de sonhos. Através de exercícios simples, fomentaremos o diálogo connosco mesmos na nossa rota da Paz.

License

This work is published under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 License.

Post a Comment

You must be logged in to post a comment.