Astrologia

A Astrologia é uma linguagem simbólica capaz de revelar a cada Ser Humano o seu projecto.
Projecto que o situa como Ser único, no seu processo evolutivo, na sua Viagem Interior e Exterior, que é, sobre a Terra, a expansão da sua Consciência.

A Astrologia oferece-lhe o Mapa.
Mapa que o informa dos Tempos próprios,
que o alerta para os incidentes de percurso,
que o ensina a descodificar os Sinais,
a encontrar a intenção oculta
presente em cada instante de vida.

No entanto, este projecto, que situa o dinamismo evolutivo de cada ser humano no espaço e no tempo,
não é apenas astrológico.
Remete para o significado último do próprio Universo,
para a Intenção primeira da Criação.
Transcende o âmbito da Astrologia.
Revela o sentido da vida.

É um Projecto Sagrado.
É um Projecto Divino.

Assim, qualquer informação astrológica
que não traga subjacente a memória do Divino,
é equívoca, ilusória, nunca poderá ser
verdadeira Astrologia.

Ensina o Livro do Génesis:
no Princípio era o Verbo
e o Verbo era Deus.
No princípio era o Som Primordial,
a Palavra com poder criador.
O que significa que tudo nasceu
de uma Intenção Inteligente, Criativa,
anterior à Manifestação.
Logos, o Projecto Cósmico,
podemos defini-lo como
o Poder do Princípio Criativo
com Significado.
Assim, tudo o que se manifesta e se move
segundo Leis Eternas,
tem uma Intenção, um Propósito,
uma razão de Ser e Vir-a-Ser.
Um “meaning”, um objectivo ou sentido de vida.
Algo para que tende toda a Evolução.

Importa que todos os astrólogos,
ao interpretar um Horóscopo,
tenham sempre esta cons-ciência:
subjacente a tudo o que é visível,
existe uma intenção invisível,
Primordial, Transcendente,
anterior ao projecto individual
de uma Carta de Nascimento.
Projecto Omni-abrangente e Universal:
a ascensão da Vida na Matéria.

ÃL;€ dimensão de cada Ser Humano,
esta ascensão traduz-se
num progressivo auto-conhecimento
a que Jung chamou Processo de Individuação.
Este processo obriga a interrogar,
a enfrentar a dualidade;
a iluminar o inconsciente,
a situar o homem
entre a Terra e o Céu
como mediador de forças contrárias.
Já assim ensinavam há muitas centenas de anos
os Mestres Taoístas.

É nesta dimensão que se situa a relação
subtil e iniciática
Astrologia/Ciência Esotérica.

Sendo a Astrologia uma extensão
e uma expressão
dessa Ciência Sagrada.
A presença actual de Neptuno em Aquário,
assim a vem confirmar.

Falar a alguém do seu
Tema Natal, é fundamentalmente
revelar-lhe esta dinâmica de ascensão.
Dizer-lhe de Onde vem,
para Onde vai.
Ensinar-lhe no seu Dia-a-Dia
esta Intenção Universal.
Para que possa situar no tempo exacto
a sua mutação personalizada.
Esta mutação processa-se,
pela assimilação do Significado dos seus Símbolos, pela Luz que deles emana,
capaz de iluminar memórias intemporais.

De acordo com o nível de consciência atingido,
dentro dos condicionamentos kármicos
próprios de cada um.

Astrologia é a escrita de Deus.
É o modo como a Intenção Criadora
se traduz em contínuas interacções Vibratórias.
Interacções cíclicas, espacio-temporais,
portadoras de Vida e de Significado.

Maria Flávia de Monsaraz

License

This work is published under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 License.

Post a Comment

You must be logged in to post a comment.