Comunicação Social

Dos velhos tempos… e da nova era

Dos Velhos Tempos…

1) Estimula uma curiosidade doentia sobre a vida alheia. Dá aos leitores ou espectadores a ilusão de conviver com gente famosa, mostrando detalhes inúteis da sua vida pessoal.

2) Fala de problemas, descreve actos de violência com detalhes, transforma criminosos em pessoas famosas. Inspira rancor e revolta impotentes.

3) Descreve o ser humano como egoísta, voltado apenas para a sua busca de poder pessoal ou posses materiais.

4) Considera que todo o poder está em mãos dos governantes e dos grandes grupos económicos, e segue automaticamente as conveniências dos jogos de poder. Faz qualquer coisa para obter audiência ou leitores - menos demonstrar coragem política.

5) Supõe que todos têm motivações egoístas. Nivela o ser humano por baixo.

6) Fala a partir do hemisfério cerebral esquerdo, que rotula, critica e dá voltas em torno do passado.

7)Evita enfrentar as questões cruciais. Prefere informações que giram em torno de jogos de aparências.

Numa Nova Era…

1) Ensina como o cidadão pode assumir mais responsabilidade sobre a vida, mostrando hábitos saudáveis e dando conhecimentos que permitem viver com sabedoria.

2) Aponta soluções e alternativas para os problemas que aborda. Descreve actos generosos, destaca pessoas que agem com altruísmo. Inspira sentimentos positivos.

3) Descreve o ser humano com as suas crises e contradições, mas mostra que ele está voltado para o bem e que busca a felicidade.

4) Obedece ao poder da verdade. Põe limites ao jogo de conveniências, abre espaço para leitores e espectadores, e ganha prestígio seguindo um bom padrão ético. Conquista espaço pela sua coragem editorial.

5) Dá destaque a causas nobres e projectos sociais altruístas.

6) Fala a partir dos dois hemisférios cerebrais, especialmente o direito, que é positivo, intuitivo, criador e voltado para o futuro.

7)Não tem medo de enfrentar as questões cruciais, porque confia no ser humano e no futuro.

Carlos Cardoso Aveline
Jornalista; Membro da Sociedade Teosófica do Brasil
e da “Associação HPB/Mestres”; Autor de vários livros, nomeadamente “O Poder da Sabedoria” e “Informação Solidária” (onde este texto pode ser encontrado); Ambientalista e Ecologista, com desempenho de funções directivas em organizações brasileiras e participação em vários encontros internacionais

License

This work is published under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 License.

Post a Comment

You must be logged in to post a comment.