Mâya

Maya é uma palavra sânscrita que significa, genericamente, ilusão. Essa ilusão pode ser tanto cosmológica quanto psicológica; pode respeitar a toda a existência fenomenal ou às percepções da mesma. Assim, na verdade, o conceito comum, ocidental, de ilusão, é muito mais restrito do que o implicado no termo sânscrito.

Realidade e Ilusão
O entendimento desta noção de […]

Lemúria

Duas das leis fundamentais da Ciência Esotérica, são a Lei dos Ciclos, do Ritmo ou da Periodicidade – tudo quanto existe, manifesta-se ciclicamente – e a Lei do Holismo ou das Unidades Colectivas – tudo quanto existe, tem lugar num ser (ou Todo) maior.
Dessas duas Leis decorre que há universos dentro de universos, microcosmos dentro […]

Karma

Questões importantes…
Entre as perguntas que, decerto, quase todos já se colocaram ao menos uma vez na vida, estão seguramente estas: “há no universo uma justiça, que traga bem a quem o merece e possa corrigir quem pratica o mal? Se há, como é possível que se vejam homens e mulheres de bem a sofrer, enquanto […]

Jnana

Bonecos de corda
Uma grande, grande parte dos seres humanos afiguram-se-nos como se fossem bonecos de corda. A imagem pode parecer severa e demasiado contundente; de qualquer forma, vamos tentar explicá-la.
Vejamos o que acontece com um boneco movido a pilhas ou a que se dá corda: assim que é activado, começa a mexer-se muito – até […]

Inteligência

A Inteligência é o traço de união entre o Espírito e a Matéria. Não é o Espírito; mas é o seu representante, a sua actividade criadora e compreensiva na matéria, aquilo que permite lidar na e com a diversidade (visto que o Espírito é pura Unidade). E também não é a Matéria; mas é o […]

Esoterismo de A a Z

Hilozoísmo
Subsistem no mundo diferentes concepções sobre a existência ou não do Divino no Universo, no que concerne à natureza dessa Divindade, bem como acerca de uma questão que lhe é muito próxima, a saber, a da existência ou não de uma realidade espiritual que não seja uma simples excreção ou afecção da matéria – no […]

Gunas

A doutrina das três Gunas da Substância foi originalmente apresentada por Kapila, o grande sábio (ou Rishi) que é considerado o pai da Filosofia Samkhya. Posteriormente, contudo, a referência às três Gunas foi adoptada por outras escolas, em especial a da Yoga (como pode, aliás, ser observado em várias passagens dos Yoga Sutras de Patanjali). […]

Fohat

Fohat é uma palavra tibetana que designa um dos conceitos mais importantes da Cosmogénese Esotérica. Tem o seu correlato no Eros da Mitologia Esotérica, no Apãm-Napât (”Filho das Águas”) dos Vedas e do Ahura-Mazda, no Daiviprakriti das Escolas Filosóficas Hindus, particularmente da Samkhya, e em Toom e Khepera do antigo Egipto.
“Fohat é uma coisa no […]

Demiurgo - Construtor(es) do(s) Universo(s)

A palavra Demiurgo significa “Construtor, Artífice” e é habitualmente referida, em termos cosmogónicos, relativamente ao surgimento e formação dos Universos. Foi usada por antigos e notáveis filósofos gregos, nomeadamente por Platão e, a partir daí, por diferentes escolas e autores, com maior ou menor propriedade. Visto que Platão expôs, na medida do possível, e sob […]

Cristo. Parte IV - O Cristo Histórico, o Cristo Mítico e o Cristo Místico

Nos números anteriores da “Biosofia”, alinhámos algumas das muitas dúvidas históricas (para os pesquisadores independentes) que rodeiam a maior parte dos factos atinentes à figura de Jesus; referimos quais as matrizes iniciais do Cristianismo (que o legitimam como mais uma pérola brilhantíssima no fio dourado da apresentação pública da Sabedoria Divina, Eterna e Universal); detivemo-nos […]