O Som do Silêncio

Nas igrejas, para que se escute a palavra de Deus, pede-se silêncio. A construção destes lugares foi pensada para que esse silêncio fosse o maior possível, a estética estava repleta de dedicação e simbologia para que aquele espaço físico nos fizesse recordar a grandiosidade escondida no nosso interior. Infelizmente, a juventude hiperativa e tendencialmente […]

(O)Culto do Som

CLAUDE DEBUSSY
“LA MER”
“PRÉLUDE À L’APRÈS-MIDI D’UN FAUNE”
MAURICE RAVEL
“PAVANE POUR UNE INFANTE DÉFUNTE”
“DAPHNIS ET CHLOÉ SUITE NO.2”
Berliner Philharmoniker – Herbert von Karajan
Deutsche Grammophon, 1986
Espaço onírico de inspiração colhida nos grandes impressionistas da época, a obra de Debussy é perpassada genialmente pela cor e luz da pintura e o simbolismo da poesia. Nascido em França em 1862, […]

(O)Culto do Som

Genesis – Wind and Wuthering
Virgin, 1977, 1994
Com a saída de Peter Gabriel, muitos apostaram na morte dos Genesis, uma das mais notáveis bandas do chanado rock progressivo. Puro engano! Com os restantes membros, talvez na mais equilibrada formação da história do grupo (Tony Banks, Phil Collins, Mike Rutherford e Steve Hackett), no espaço de dois […]

Um Concerto dos Yes (e Giordano Bruno, e todos, todos, todos!)

Regressando quase 25 anos atrás, fomos assistir ao concerto dado em Lisboa (24/2/2000) pelos Yes, um dos grupos que encheram a nossa adolescência - como os Genesis (”And when the Master comes…”), os Floyd (”You reached for the secrets too soon…”), os Barclay James Harvest (”Oh sweet Jesus, see me cry…”), os Emerson Lake & […]